O8XM4RRQXAI

Vídeo | ‘Mulher Maravilha’ e ciclista viajante disputam corrida do Brasileirão de rolimã, em Divinópolis

O primeiro GP Boiadeiro de Rolimã atraiu dezenas de pessoas nas ladeiras do bairro Lagoa Park, em Divinópolis. A categoria Rolimã Tradicional (RT) foi válida como a corrida final para pontuação no Campeonato Nacional Rolimã Brasil (CNRB). Entre os pilotos, até a ‘Mulher Maravilha’ esteve presente.

Assista a reportagem clicando no player acima.

Corredores de várias cidades da região e até mesmo de outros estados estiveram presentes para etapa divinopolitana do campeonato nacional de rolimã. O trajeto de 750 metros exigiu bastante habilidade dos mais de 60 pilotos inscritos para a prova. É o que explica, ao GrupoGabiroba.com, o piloto belo-horizontino Gardner Furtado.

“O ponto forte aqui do trajeto são as curvas que são bem fechadas. Não é uma pista de alta velocidade, mas tem que tem ter perícia para poder fazer o percurso todo sem sair com o carrinho nas curvas” – Gardner ‘Gegê’

Uma competidora que chamou a atenção de todos foi Nilce Gomes. Ela é apaixonada por carrinhos de rolimã. Quando criança, andava junto com garotos da vizinhança onde morava. Há cerca de um ano, ela reencontrou a alegria nas pistas voltando a correr de trole. Uma outra paixão de infância de Nilce é a heroína amazona Mulher Maravilha. Nilce sempre vai às corridas vestida como Lynda Carter, atriz americana que interpretou a heroína nos anos 70. Nilce chama atenção por onde passa: o capacete, as roupas, braceletes, boné e até o trole adotaram as cores da personagem preferida.

“Isso incentiva outras mulheres a andar de rolimã. A competição, na minha cabeça, é me divertir.” – Nilce Gomes

Andelvan Silva, por outro lado, chama atenção pela forma que veio para a corrida. Ele viajou 95 Km de bicicleta para disputar o primeiro GP Boiadeiro de Rolimã. Andelvan saiu de Bom Despacho na quinta-feira e chegou no mesmo dia. Ele ficou hospedado no sítio alugado pela organização do evento.

“Eu estou na brincadeira e aprendendo com a turma. A gente brinca com as crianças na minha cidade para recordar o passado. A cada lugar que eu chego, conheço gente interessante; isto que é o gostoso dos eventos.” – Andelvan Silva

A competição foi organizada pelo ‘Trole Rasgando o Asfalto’ e foi considerada um sucesso, como disse, ao GrupoGabiroba.comWillian Fonseca.

“Foi sucesso total. Todo mundo fala em voltar e elogia a recepção ao evento. Pode ser que, no ano que vem, tenhamos outras categoria válidas pelo campeonato brasileiro aqui em Divinópolis”. – Willian Fonseca

As categorias foram divididas por idade. Na RT houve primeiro a competição entre crianças de 04 a 08 anos. Depois jovens de 09 a 13 anos. Em seguida, foi a vez da categoria 14 a 17 anos. Por fim, as categorias dos adultos RT (CNRB) e FLX.

O vencedores da corrida

Fernando Noventa ficou em quinto lugar em Divinópolis e assumiu a terceira colocação no ranking nacional do CNRB (Foto: Ronnie Costa / O Mundo Rolimã)

Na categoria RT, Mateus Wane da equipe Rasgando o Asfalto venceu a prova. O também divinopolitano Davi ficou em segundo. Tiago Gomes, da 9NINE Rolimã completou o pódio.

Fernando Noventa da equipe Equipilotos ficou em quinto lugar. Com a pontuação na etapa divinopolitana, o piloto assumiu a terceira colocação no ranking nacional da modalidade.

Pela categoria FLX, Daniel Serra da RZO, de Belo Horizonte, foi o campeão. Isaac Gomes, da Locomotiva de Belo Horizonte, ficou em segundo lugar. Na terceira posição, também da equipe belo-horizontina, ficou Renato Gonçalves.

Entre as crianças de 4 a 8 anos, Kauan Wane, Nicolas e Melissa, todos do Rasgando o Asfalto, venceram a prova. Na categoria 9 a 13 anos, Vinícius Augustus (Snake Team) de São Paulo, Werik Sanches e Ana Luisa (ambos do Rasgando o Asfalto) subiram no pódio. Entre os pilotos de 14 a 17, venceram Ruan Gabriel (Locomotiva), Gabriel (Rasgando o Asfalto) e Yan Cristian (Locomotiva).